sexta-feira, 21 de março de 2014

Curiosidades Gerais da Bíblia

Depois de mostrar que nem a ordem ou os nomes dos Livros da Bíblia serem parecidos para judeus e cristãos. E que embora isso aconteça, tudo o que temos no Velho Testamento está na Tanakh (A Lei, os Profetas e os Escritos) e vice-versa. Agora vou mostrar algumas curiosidades e informações que poucas pessoas conhece, alías poucas eu mesmo sabia e tive dificuldade de encontrar.
Sem mais delongas vamos ver o que poucas pessoas sabem sobre a Palavra de Deus:
1 - O nome da coleção é "Bíblia", mas essa palavra não aparece nela! É uma referência a uma cidade fenícia chamada "Biblos", os gregos importavam papiro de lá. O papiro um tipo de papel inventado pelos egípcios, e tem como matéria prima uma planta com o mesmo nome. Por causa disso com o tempo a palavra "biblion" começou a significar "rolo", "livro". Bíblia é o plural de biblion e significa então "livros", "rolos".
2- A Bíblia foi escrita originalmente em 3 idiomas diferentes: hebraico (VT), grego (NT) e algumas porções em aramaico, uma língua parecida ao hebraico. Por isso vão aparecer algumas palavras estrangeiras nos próximos posts. Ela foi escrita em papiro e pergaminho, em 3 continentes diferentes, alguém mais tarde compilou os escritos originais, como aconteceu inicialmente com Salmos e Os Doze (o grupo dos profetas menores), depois alguém compilou todo o canon. Possivelmente a primeira pessoa a juntar todos os Livros sagrados foi Esdras.
3 - É normal dizer que a Bíblia foi "inspirada por Deus", mas o que poucos sabem (eu também não sabia), é que a palavra grega "theopneustos" que originou essa expressão significa "Deus soprou". Essa expressão aparece em 2 Timóteo 3:16. Isso é curioso porque Deus falou e a Terra, e a vida nela contida, surgiram; Deus soprou no nariz de Adão e ele passou a ter vida. Ou seja, a Bíblia é um livro vivo, dinâmico.
4 - O cânone bíblico (a coleção dos 66 Livros) não apresenta seus Livros na ordem que eles foram escritos ou na ordem em que a História acontece. No primeiro caso Jó seria o primeiro Livro e 3 João o último, no segundo caso Ester deveria estar antes de Esdras e Neemias, que são apenas um volume na Tanakh.
5 - Para terminar ela não possuía capítulos e versículos, estes surgiram mais tarde (os capítulos no século XIII e os versos no século XVI) para ajudar na localização e referência aos textos. Este sistema é quase universal, pois é muito prático.
Na próxima falarei sobre o VT!

sábado, 15 de março de 2014

A Bíblia–Um Começo

Como falei no último post, em dar novos horizontes ao blog, em colocar posts sobre cultura bíblica, resolvi começar com a própria Bíblia.

Que Livro é esse? Para quem não sabe a Bíblia é na verdade uma coleção de 66 Livros. Agora faz sentido a palavra grega “bíblia” significar “livros”. Sem a menor dúvida seu autor é o próprio Deus. Ele usou cerca de 40 pessoas para redigi-la.

Quem conhece um pouco da Bíblia sabe que ela é dividida em duas partes principais: O Antigo e o Novo Testamentos, isso porque um foi escrito antes de Cristo e o outro depois. Foram escritos em um período de cerca de 1500-1600 anos, havendo 400 um lapso de anos entre eles.

Caso você já saiba todas estas coisas, mas sabia que para os judeus o Antigo Testamento não tem esse nome e que seus Livros estão em outra ordem? Alguns Livros possuem outros nomes com outros significados. Cos tenha ficado em choque ao saber isso pode-se acalmar, nós temos tudo o que os judeus tem escrito no AT, e eles também tem tudo o que temos.

O cânon na sua forma ordem original, representei abaixo em um esquema. Todos são os nomes originais, sendo grego ou hebraico, os nomes em itálico dos Livros são os nomes cristãos deles. Mas nas divisões do cânon apresente-se os nomes originais delas com seus respectivos significados em português.

Organograma dos Livros da Bíblia

Infelizmente não será hoje que eu explicarei porque o AT se chama “Tanakh”, entre outros nomes, e o NT se chama “He Kaine Diatheke”.

Este esquema também aparece em formato PDF.

sábado, 8 de março de 2014

Algumas Mudanças

Estou pensando em fazer algumas mudanças no blog, expandir o tema do blog, passar de apenas ciência dentro da Bíblia para ciência bíblica. E colocar um pouco de cultura bíblica também.

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Seria uma Questão de Queratina?

Se fosse escolher a proteína mais importante qual seria? Bem uma das primeiras coisas que aprendi em meu curso de ciências foi a importância do ATP. Só pra você ter uma ideia da importância do ATP, o oxigênio que respiramos aparece no penúltimo passo do processo de produção, feita pelo Complexo IV. Então a proteína mais importante seria a que mais estivesse ligada ao ATP.
Estrutura do ATP, a moeda de energia da célula.
Isso me colocaria entre duas proteínas: a ATP Sintase ou a bomba sódio-potássio. Existe uma substancia chamada ATP que é considerada a “moeda de energia” dentro da célula. Tudo o que comemos, principalmente os açúcares e lipídios são usados para fabricar ATPs. Quase nada nas células funciona sem ATP.
A ATP Sintase é um proteína que fabrica ATPs, como seu nome diz. Ela faz o último passo na criação dessa “moeda de energia”, criando cerca de 90% dos ATPs. Fica em pontos específicos na mitocôndrias, que são as “centrais energéticas” das células. Quase todas os organismos vivos possuem variações dessa proteína! Ela funciona de forma parecida com hidroelétricas.
Já a bomba sódio-potássio está na membrana plasmática, e como o nome diz, ela bombeia íons sódio e potássio. Ela trabalha quase que constantemente, gastando cerca de 30% dos ATPs. Sendo a proteína que mais gasta energia. No cérebro o gasto chega a 60%. Esse fluxo de íons é usado por outras proteínas mais tarde.
Qualquer falha nessas duas proteínas simplesmente nos mataria.
Ficheiro:Atp synthase pt.pngFile:3b8e.gif
Representações da ATP Sintase a esquerda e da Bomba de Sódio-Potássio a direita
Mas elas não são as mais famosas, por exemplo quem nunca ouviu falar de hemoglobina? Meu palpite é que a mais famosa, principalmente entre as mulheres, seria a queratina! Ela constitui o cabelo e as unhas, famosa por causa dos cosméticos! É uma proteína curiosa pois cabelo queimado tem cheiro de enxofre. Acontece é que a queratina possui cisteína, esse aminoácido cria pontes de enxofre. Fazer o cabelo ficar liso ou encaracolado e vice-versa reorganiza essas essas pontes de enxofre.
O cabelo é mais forte do que parece, sendo mais forte que um fio de cobre com o mesmo diâmetro. Os coletes a prova de vidas são feitos de kevlar, mantendo as proporções, o cabelo teria as mesmas capacidades. As pessoas possuem cerca de 150 mil fios de cabelo, supostamente suportariam dois elefantes. Agora dá pra perceber como Absalão ficou dependurado pelo cabelo!
Outra personagem conhecido pelo cabelo era Sansão, que significa “filho do Sol”. Mas porque essa conversa sobre proteínas importantes só pra falar dele? É que muitas, senão a maioria, erra ao dizer que Sansão foi vencido simplesmente porque teve seu cabelo cortado.
Ele não tinha nenhuma proteína diferente do resto da humanidade! O que muitos esquecem é que ele era nazireu, embora a palavra seja parecida não tem nada a ver com nariz. Nazireu não deve ser confundido com nazareno, quem era da cidade de Nazaré. Nazireu é uma palavra hebraica derivada da palavra “consagrado”. O nazireado era um voto instituído em Números 6, que no caso de Sansão era para toda a vida. Ele não poderia tomar produtos vindos de videiras, como uvas ou vinho, não poderia tocar ou ter contato próximo a mortos. Por fim, o cabelo era um símbolo da consagração do nazireu para com Deus. Quem conhece a história dele sabe que Sansão quebrou cada parte do voto. Ele matou um leão perto de uma vinha, o que alguém que não poderia estar relacionado a uvas estava fazendo em uma vinha? Dias depois tocou no leão morto e tirou meu dele e deu aos pais sem lhes contar o que tinha acontecido (Juízes 14).
Acontece que em caso de quebra do voto o nazireu devia cortar o cabelo. Como o cabelo era símbolo de sua força, se contasse a seus pais sobre o leão e a vinha, eles lhe obrigariam a cortar o cabelo. Seu relacionamento com Dalila, uma mulher do povo inimigo, mostrou sua ruptura com Deus, que culminou no corte das 7 tranças de Sansão.
Conclusão, a força do cabelo dele estava em Deus, muitas vezes antes de fazer algo a Bíblia diz que Deus lhe fortalecia, o corte do cabelo dele mostra sua ruptura com Deus. O cabelo dele era normal, como o que temos hoje. Ele não tinha nenhuma proteína diferente das das nossas. Afinal não era uma questão de queratina ou outra proteína, mas de comunhão com Deus!

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Beleza, Perfeição e.... Números 2ª Parte

Depois de ver na primeira parte algumas das diversas formas em que o número φ=1,618... se revela, agora é só comparar com a natureza. Comecemos com o DNA, ele possui sulcos desiguais que seguem a seção dourada:

clip_image002

Em uma população de abelhas a quantidade de fêmeas e machos seguem a sequência de Fibonacci, ou seja, dividi-los consegue-se 1,618. Além disso a árvore genealógica delas seguem esse mesmo padrão.

O Náutilos possui uma concha que cresce semelhantemente a uma espiral de Fibonacci:

clip_image003clip_image005

Em uma população de abelhas se dividirmos o número de fêmeas pelo número de machos, possivelmente você já sabe o resultado! A espiral dourada é encontradas em várias flores e pinhas. Os galhos das árvores e algumas folhas em algumas plantas seguem a sequência de Fibonacci também.

Na espécie humana encontra-se essa sequência de várias maneiras:

clip_image007

É possível obter φ quando dividimos a distância do solo até ao umbigo, e daí até a altura da cabeça; também aparece quando divide-se o antebraço mais a mão pela parte superior do braço, traços no rosto possuem 1,618 escondido, etc....

Os galhos também seguem a sequência de Fibonacci, aliás existe um ângulo dourado, que é 137,5º, para otimizar a recepção de luz solar as folhas seguem esse ângulo.

clip_image009clip_image011

Subindo um pouco o nível, o planeta considerado mais bonito também segue a essa regra:

clip_image013

Como último exemplo na natureza gostaria de mostrar que galáxias espirais possuem espirais de Fibonacci, esse nome parece estar sempre ao nosso redor!

clip_image015

Na Bíblia dois famosos objetos também obedecem a essa proporção, a arca da aliança, o altar de sacrifícios e as extremidades da arca de Noé seguem a sequência de Fibonacci.

Desde a antiguidade essa proporção tem sido admirada, seja em construções, música e até mesmo em filmes. Falando nisso, porque você acha que as mulheres gostam de cartões de créditos? É porque cartões de crédito são retângulos dourados. Não é coincidência ver esta mesma razão em todos os lugares, desde a escala microscópica até o macroscópico. Porque não chamar o Criador desse intrigante número pelo nome? Porque não chamá-lo de Deus?

Fonte principal: http://www.goldennumber.net/

Beleza, Perfeição e.... Números 1ª Parte

Sem a menor sombra de dúvidas a Matemática é a Ciência mais injustiçada. Como se números não servissem na vida, algo para entreter nerds. Ela possui muitas belezas e curiosidades escondidas, como por exemplo: 1,41421…x1,41421…=2! São infinitas casas decimais, mas esse número com infinitas casas decimais vezes ele mesmo dá simplesmente 2!!!

Poucos sabem que Deus fez o mundo de tal forma que Matemática consegue explicar coisas que consideramos belas. Aliás Ele deu significados aos números. Um exemplo disso é o famoso número 7, símbolo da perfeição. Isso não é numerologia, que tenta descobrir o futuro usando números, isso é antibíblico.

Na natureza há uma simetria relacionada a um número muito especial. Ao contrário do 7 que aparece com quantidades, este aparece com proporções e figuras. Tal como o número 7, você não encontrará na Bíblia ou na natureza explicitamente: “Este número é um símbolo de perfeição e harmonia”, mas todas as vezes que eles aparecem estão relacionados com perfeição e harmonia.

Ele é chamado de “proporção dourada” e é simbolizado pela letra grega φ (phi, lê-se “fi”). Afinal que número é esse?

Imagem1

Você pode estar se perguntando sobre o que um número infinitas casas decimais, aparentemente estranho e bobo, tem a ver com a Bíblia e com sua vida, a resposta é “tudo”! Só de se olhar no espelho com atenção conseguirá descobri-lo!

Nesta viagem em busca da proporção dourada iremos começar com coisas muito pequenas e terminaremos com coisas mesmo muito grandes, mas antes precisamos ver como ele se expressa, para depois o encontramos na natureza.

Esse número está muito ligado a “sequência de Fibonacci”, onde um número é a soma dos dois anteriores, e começa assim: 1, 1, 2, 3, 5, 8, 13, 21, 34, 55, 89, 144, e por aí vai. Se dividirmos um número pelo anterior chegamos cada vez mais perto deste número estranho.

Há também a “seção dourada”, onde a parte maior dividida pela menor consegue-se o número de ouro:

clip_image004

Figura 1 - Seção dourada, onde A=B+C, e B/C=1,618...

Começando por esta figura, se fizermos um seção dourada com a intenção de fazer um retângulo, onde a altura igual a “B” obtemos um “retângulo dourado”:

image

É possível fazer no retângulo dourado ainda outros retângulos, maiores ou menores, em sequência. E se fizermos uma linha curva seguindo as arestas, obtemos a “espiral de Fibonacci”, onde cada quadrado equivale a um número da sequência já abordada:

clip_image008

Figura 2 - Esta espiral lhe é familiar? Caso não se lembre espere a segunda parte!

Na próxima parte veremos porque esse número e essas formas são tão importantes.

sexta-feira, 26 de julho de 2013

O Tamanho do Universo 1–Sermão

Como prometido aqui está o sermão, embora não fale apenas sobre ciência, mais precisamente sobre astronomia, mas fala sobre o tamanho de Quem o criou. O tamanho do Universo propriamente dito será tratado cientificamente e biblicamente no próximo post.

Sermão

Apresentação de Slides